Liberdade

letras soltas

Maria João

Liberdade

Como um sopro do vento

O voo de uma gaivota

O remoinho dançante das folhas

secas e gastas dos tempos outonais

Como uma papoila vermelha

que grita num campo baldio

Uma espiga de trigo

doirada pelo Sol errante

Como uma lufada de ar fresco

sequioso de encontrar

alguém que sinta

e lute por falar

Como um grito de dor

num lugar qualquer

Ou um gemido de prazer

na escuridão mais doce

Como a água de um rio

com corrente forte e bravia

contornando os obstáculos

sem nunca parar

A liberdade é Força

É o poder Ser

Viver

Ou simplesmente Estar…

Uma opinião sobre “Liberdade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s