She’s a rainbow

O amor à sexta-feira!

Nádia Mira

Se há amores que brotam à primeira vista, surpreendentes e arrebatadores, outros existem que nascem do conhecimento, da repetida observação, da perceção de um conjunto de pequenas seduções não visíveis a olho nu, apenas consentida pelo firmar do tempo. E não se pense que estes são menos encantadores ou intensos que os primeiros, são sim, seguramente, mais sólidos. Assim é o meu amor com The Rolling Stones.

“She’s a rainbow” integra o álbum de 1967 “His Satanic Majesties Request” e foi considerada a “música mais bonita e menos característica” que Mick Jagger e Keith Richards escreveram para os Stones, embora não deixe de ter uma leitura que podemos considerar… ambígua.

Numa época em que as bandas mais populares abraçavam abertamente o LSD e depois dos sucessos de “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band” (The Beatles) e “Pet Sounds” (Beach Boys), também os Stones quiseram enveredar pelo rock psicadélico e fizeram-no lançando “His Satanic Majesties Request”.

É neste quadro de psicadelismo, alimentado pelo consumo desenfreado de álcool e drogas, que se projetam as possíveis interpretações desta canção.

Numa primeira leitura podemos pensar que é uma celebração da mulher livre e afirmativa que não tem medo de brilhar, o que em 1967 não era assim tão comum, ou até uma rara canção de amor puro dos Rolling Stones, cujas músicas sobre mulheres tendiam a ser muito mais libidinosas.

Contudo, o que seriam The Rolling Stones sem essa líbido? Pelo que a interpretação que mais colhe é, apesar de tudo, pouco surpreendente… “She’s a rainbow” será sobre sexo sob os efeitos de LSD.

A arte é sempre subjetiva e pouco interessa se Jagger e Richards se referiam ao amor puro e romântico ou à lascívia carnal, “She’s a rainbow” soa amor e a sexo, soa a sexta e a quinta-feira. Soa a felicidade, até para a miúda monocromática que ainda procura sofregamente o fim do arco-íris.

Uma opinião sobre “She’s a rainbow

  1. Uma das minhas canções favoritas. Aqui se demonstra como é possível fazer uma melodia maravilhosa com som de instrumentos musicais, misturados com batidas de relógios e som de caixinhas de música. Uma delícia.

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s