A mu(n)dança

idos de outubro

Sónia Calvário

O mês de outubro foi recheado de notícias que ilustram bem que o mundo está a mudar.

Poderia falar de eleições legislativas; dos protestos, e repressão, na Catalunha; do infindável e quase caricato brexit; da frieza e falta de consenso da UE sobre a proteção e salvamento no Mediterrâneo; do avanço no processo de impeachment de Trump, pela troca de favores que pretendeu fazer com a Ucrânia de forma a condicionar o seu adversário político, e consequentemente interferir nas eleições que o tornaram Presidente dos EUA; da fúria de Bolsonaro pela ligação que lhe é imputada ao principal suspeito pela morte de Marielle Franco; da situação no Equador; da morte de al-Baghdadi, líder do Estado Islâmico… mas opto por olhar para o conflito Chileno, economia que tem servido como exemplo de capitalismo neoliberal, que muitos governos pretendem implementar (ou gostariam), e sobre o qual a comunicação social portuguesa se tem abstido de falar… não interessa dar a conhecer as verdadeiras causas da contestação de muitos milhares e não interessa debatê-las, pois que estão em causa as aspirações dos “donos disto tudo” e daquilo que comanda os destinos das nações e da Humanidade: o dinheiro e a sua posse – por uma minoria. Será assunto a que voltaremos. Por ora, sugere-se o visualização de “Where to invade next”, documentário de Michael Moore (2016), que ajuda a relembrar alguns dos direitos que estão em risco nesta mudança global e contribuir para reflexão sobre que sociedade e que mundo queremos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s