FEDERAÇÃO E LIGA: AS SANÇÕES DA FALTA DE HABILITAÇÃO DOS TREINADORES

0AE999004F7D2A646EF6A9F84855E808EF50_lj

ars athletica

Sara Mesquita

O mês passado foi dedicado à importância do treinador. (ver aqui)

Conforme prometido, este mês a análise recai sobre as diferentes sanções aplicáveis aos treinadores que orientam equipas sem ter as habilitações necessárias para o efeito, dividindo-as entre as sanções aplicadas aos treinadores de competições organizadas pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) e as aplicadas aos treinadores de competições organizadas pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

A formação dos treinadores distingue-se em quatro graus, sendo que os treinadores que alcancem o Grau I (UEFA C) – formação ministrada pelas associações distritais de futebol – poderão treinar equipas de futebol de formação em competições distritais e competições distritais sénior em algumas associações de futebol; os que alcancem o Grau II (UEFA B) – formação ministrada pelas associações distritais de futebol – poderão, além das competições previstas para o Grau I, treinar equipas de futebol de formação em competições nacionais e, bem assim, competições distritais sénior e Campeonato Portugal; já os que alcancem o Grau III (UEFA A) – formação ministrada pela FPF – além das competições previstas para os Graus I e II, poderão treinar na II Liga; e os que alcancem o Grau IV (UEFA PRO) – formação ministrada pela FPF – poderão treinar, além das competições previstas para os Graus I, II e III, na I Liga e Seleções Nacionais.

O ponto de partida para esta análise, é identificar o Regulamento Disciplinar aplicável a cada uma das competições. Assim, às competições profissionais de futebol (I Liga e II Liga) e à Taça da Liga, aplica-se o Regulamento Disciplinar da LPFP; por outro lado, às competições não profissionais, organizadas pela FPF (Futebol Masculino: Campeonato Nacional I Divisão e Taça Revelação, de Sub 23; Campeonato Portugal; Taça e Supertaça; Campeonatos Nacionais I e II Divisão – de Sub 19; Campeonato Nacional de Sub 17 e de Sub 15; Futebol Feminino: Taça e Supertaça; Liga e Taça da Liga; Campeonato e Taça Nacional de Promoção; Campeonato e Liga de Sub 19; Taça Nacional de Sub 19, Sub 17 e de Sub 13; ainda a Taça Nacional de Futebol de Sub 14 Misto, os Torneios Interassociações, as competições de Futsal, masculino e feminino, e de Futebol Praia), é o Regulamento Disciplinar da FPF que se aplica.

Tem sido prática corrente no futebol português, assistirmos a treinadores principais, e apresentados como tal, que surgem nas fichas de jogo como treinadores adjuntos por não terem o nível exigido para comandar a equipa naquela competição, surgindo os verdadeiros treinadores adjuntos como treinadores principais.

E quais são então as implicações que estas práticas têm para os treinadores e para os próprios clubes?

Atendendo ao Regulamento das Competições da LPFP, dispõe o artigo 82.º que “Apenas o treinador principal pode, em permanência, transmitir instruções aos jogadores que se encontrem no retângulo de jogo e no banco de suplentes, podendo os demais membros do banco transmitir-lhes instruções pontuais.”.

O Regulamento Disciplinar da LPFP, prevê uma sanção de multa para o treinador que viole esta norma, multa que varia entre 3UC (€ 306,00) e 25UC (€ 2.550,00), e prevê ainda uma sanção de multa para o clube que viole a mesma norma, sendo que esta multa varia entre 25UC (€ 2.550,00) e 125UC (€ 12.750,00) na primeira infração e entre 32,5UC (€ 3.315,00) e 162,5UC (€ 16.575,00) nas infrações subsequentes.

Já no que respeita à regulamentação de disciplina da FPF, a sanção para o clube que utilize treinador que não seja titular da habilitação necessária para o efeito, é de repreensão e multa que varia entre 15UC (€ 1.530,00) e 30UC (€ 3.060,00) na primeira infração; multa que varia entre 20UC (€ 2.040,00) e 40UC (€ 4.080,00) na segunda infração; e derrota e multa que varia entre 20UC (€ 2.040,00) e 40UC (€ 4.080,00) na terceira infração e nas seguintes. Já o treinador, é sancionado com suspensão que pode ir de 15 dias a um ano e multa que varia entre 1UC (€ 102,00) e 20UC (€ 2.040,00).

No que respeita às competições não profissionais, importa ainda analisar os Regulamentos Disciplinares de cada competição específica, podendo as sanções ser diferentes.

Em ambos os casos existem ainda fatores que permitem a redução das sanções.

Resulta desta regulamentação que a FPF pretende punir mais severamente os agentes desportivos nas suas competições do que a LPFP que, em bom rigor, deveria ter mais “mão pesada” por se tratar de futebol profissional e “dar o exemplo”.

Mas será a LPFP que não tem “mão pesada” ou será a FPF que tem uma “mão demasiado pesada”?

Na verdade, tenho vindo a entender que é a FPF que devia ajustar o seu regulamento disciplinar à realidade atual, uma vez que gere competições em que as equipas têm uma saúde financeira mais débil, piores meios e instalações e menos recursos do que as equipas profissionais. E, atendendo a esses fatores, é lógico que uma sanção de derrota para a equipa que alcança os seus resultados desportivos com maiores dificuldades e uma suspensão de um treinador que pode ir até um ano para treinadores que, maioritariamente, estão a iniciar as suas carreiras, pode destruir os clubes mais desfavorecidos e potenciais treinadores de excelência.

Tem que existir formação e tem que existir punição, sem dúvida, mas esta deve ser ajustada à realidade das competições, o que não se tem verificado.

E qual a reação da Associação Nacional de Treinadores de Futebol perante todas as situações desta natureza que têm vindo a público?

Atacar os treinadores de futebol!!

Mulheres com garra também defendem treinadores!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s