Antes que seja tarde!

Idos de janeiro

Sónia Calvário

Nasci em maio de 1974. Gosto de dizer que sou filha de Abril. Pelo nascimento e pelos princípios. Sempre admirei a luta, a união, os objetivos coletivos dos meus pais, da sua geração e da que a antecedeu. Confesso que cheguei a invejar, mesmo sabendo que eram, no essencial, fruto da pobreza e da falta de liberdade. Cresci livre, educada para prosseguir os meus sonhos, aprender com o presente e olhar para o futuro com esperança. Amadureci com a sensação de que nos faltava “um propósito comum”. Assisti à ascensão do individualismo e da procura, cada vez mais desenfreada, pela posse, pelo ter. Sinto que “estamos no limiar do não retorno”. Aquilo que fizermos hoje, ou o que não fizermos, terá um impacto sobremaneira no futuro dos nossos filhos e das gerações vindouras.

Os anos 20 deste século, primeiros do milénio (assim esperamos), iniciaram dando continuidade ao que temos vindo a assistir de forma crescente: o planeta a sucumbir, o fosso entre pobres e ricos a crescer, os tentáculos da corrupção a alastrar, os extremismos a disseminar…

Acomodamo-nos. Voltamo-nos para o interior, na esperança de que não sejamos afetados pelos males do mundo. Assustamo-nos. Tememos a perda do que temos e do que aspiramos vir a ter. Teimamos em não acreditar, aliás, teimamos em duvidar de todos os alertas que vão surgindo e que se vão fazendo notar cada vez mais. Acobardamo-nos, “gritando”, sentadinhos no sofá, protegidos pela tranquilidade do mundo virtual, ou ignoramos. “Pode ser que passemos pelos pingos da chuva!”

Da minha parte ouvi o chamamento. Não quero este mundo e aquele que se me parece avizinhar. Estou pronta. Redobrarei a luta. Para que os nossos filhos possam crescer em liberdade, aprender com o presente e acreditar no futuro. Que amadureçam sabendo que houve quem lutasse por eles, pela sua vida, pelos seus sonhos. Antes que seja tarde!

Convido a ouvir “É tão grande o Alentejo” (Grupo Coral Os Bubedanas), uma moda fabulosa, que ilustra o passado dos alentejanos, mas diz também muito do presente…

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s