I can’t escape myself

O amor à sexta-feira!

Nádia Mira

Por cá continuo em isolamento social, na minha casa unipessoal, com os contactos com outros seres humanos reduzidos ao estritamente necessário. Eu, que tendo a ser uma miúda que aprecia o convívio, vejo-me na circunstância, portanto, de ter que confraternizar bastante… comigo. O resultado pode considerar-se satisfatório, na medida em que tenho sobrevivido, porém, creio ter descoberto que afinal não sou tão boa companhia como pensava e temo esgotar, em breve, todas as possibilidades de escapar de mim mesma..

“I can’t escape myself” é a primeira música de “Jeopardy” o primeiro álbum de estúdio da banda inglesa pós-punk The Sound, lançado em 1 de novembro de 1980.

Influenciados por bandas como Velvet Underground, The Stooges ou Joy Divison, The Sound foram uma das mais interessantes bandas dos anos 80, porém, apesar de aclamados pela crítica a banda nunca alcançou o esperado sucesso comercial.

“I can’t escape myself” captura na perfeição a alma do pós-punk – introspetiva e minimalista, sem deixar de ser explosiva. É uma demonstração perfeita de tudo o que tornou The Sound numa banda diferenciada – a emotividade da voz, o mistério dos sintetizadores, a pulsão do baixo e a leve crueza da bateria, assentes na atormentada e inquietante letra..

Escapar de mim própria é a atividade que mais tempo me tem ocupado nestes últimos dias, mas é sexta-feira e em tempo de pandemia afiguram-se-me parcas as escolhas. Tentamos outra vez esta noite.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s