Soltou…

letras soltas

Maria João

Soltou as mãos
Soltou os cabelos
Correu dali
Como se os dias fossem mais claros
E as noites passassem a correr
Seguiu a sua estrada
De asfalto solto
Segura dos passos
Que dará a seguir
Soltou as palavras entaladas na garganta
As outras engoliu-as a seco
Nem a água deste mar as quis
De tão insonsas que eram
As suas mãos esfriaram
Os seus lábios tremeram
Mas vingaram-se com um sorriso
Rasgado e descomprometido
Soltou os sonhos
As histórias vagas
As ideias e loucuras outrora desejadas
E fechou o livro dos rabiscos
Olhou a sua estrada
De asfalto solto e Acreditou!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s