Noite

letras soltas

Maria João

Acende a luz que o Sol se foi

Chega o frio

Chega o silêncio

A melodia da alma

Num solfejo vazio

Cheio de nada e coberto de tudo

O negro da noite

A escuridão do céu salpica-se de luz

Estrelas que brilham ao nosso olhar

Que nos transportam para outro lugar

Nos fazem sonhar

E acreditar que o sentir

É luz, brilho e cor

Tem gosto doce

Em jeito de amor

A noite

Traz a paz do saber

Foco de ser

Pó de saudade

Ansiando o amanhecer

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s