Marias

Leopoldina Pina de Almeida

Chegou o Festival das Marias 2022! Esta 3ª edição em Portugal do Festival das Marias, é uma parceria entre a Companhia Alentejana de Dança Contemporânea, CADAC, o grupo de Teatro Lendias d’Encantar e Belic.Arte. É um festival pluridisciplinar de criação no feminino que decorre em Portugal (distrito de Beja) e no Brasil (S. Paulo), com uma programação diversificada e que pretende enfatizar o papel das Mulheres na criação artística. Potencia, simultaneamente, o empoderamento do feminino a nível da comunidade local, através de laboratórios e oficinas e o diálogo crítico-analítico entre criadoras portuguesas e estrangeiras, sobre a representatividade da Mulher no meio artístico.

Esta 3ª edição do Festival das Marias decorrerá de 13 a 22 de outubro de 2022 em Aljustrel, Beja, Grândola, Mértola e Santiago do Cacém e contempla, como habitualmente, várias modalidades artísticas, como teatro, música, dança, performance, cinema e artes plásticas. Existe também espaço de conversas com Mulheres que admiramos e que pensamos estarem a realizar um excelente trabalho de consciencialização do papel atribuído à Mulher na sociedade atual.

Nesta edição decidimos igualmente fazer um reforço na programação para as escolas e para @s jovens do 3º ciclo e secundário, já que diagnosticamos que a faixa etária da adolescência está muito afastada da maior parte das iniciativas culturais que se promovem no concelho e pensamos ser urgente “agarrar“ o pessoal destas idades. Assim, estamos a trabalhar com os dois Agrupamentos de Escolas de Beja e ainda com a Escola Profissional Bento Jesus Caraça. Podemos destacar neste trabalho de articulação as Oficinas de Arte Urbana com a artista bejense Cristina Matos. Estas oficinas estão a decorrer desde o início de outubro com uma turma de Artes e outra do profissional da Escola secundária Diogo de Gouveia e duas turmas da Escola profissional Bento Jesus Caraça.

Finalmente, e esta era uma ideia que vínhamos a amadurecer e que finalmente conseguimos planificar de forma sustentada com o apoio da Associação Estar, vamos também abrir as portas dos espectáculos e oficinas à população migrante que vive em Beja e que urge integrar nas actividades da cidade de forma cultural, formativa e lúdica, e não apenas como peça menor e facilmente substituível da engrenagem puramente extractivista a que sujeitamos pessoas e territórios. Sim, porque infelizmente não são apenas as Mulheres a sentir a discriminação insustentável de uma sociedade que pisa a maioria para o lucro de tão poucos!

Mas nada melhor do que consultarem a programação e verem quais os espectáculos que querem assistir ou os laboratórios em que se querem inscrever. Aproveitem e divirtam-se! Bom Festival!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s