FEDERAÇÃO E LIGA: AS SANÇÕES DA FALTA DE HABILITAÇÃO DOS TREINADORES

ars athletica Sara Mesquita O mês passado foi dedicado à importância do treinador. (ver aqui) Conforme prometido, este mês a análise recai sobre as diferentes sanções aplicáveis aos treinadores que orientam equipas sem ter as habilitações necessárias para o efeito, dividindo-as entre as sanções aplicadas aos treinadores de competições organizadas pela Liga Portuguesa de Futebol … Continuar a ler FEDERAÇÃO E LIGA: AS SANÇÕES DA FALTA DE HABILITAÇÃO DOS TREINADORES

A Igualdade – o Desporto e o Combate à Pobreza e à Exclusão Social

ars athletica Sónia Calvário Kofi Anan (2006) via no desporto um meio de alcançar a Paz e o Desenvolvimento: “com valores universais” e “linguagem mundial”. O desporto é um fenómeno social e cultural com forte e crescente impacto económico sendo, simultaneamente, espelho da sociedade e instrumento catalisador de um ideal de modelo social. Através da … Continuar a ler A Igualdade – o Desporto e o Combate à Pobreza e à Exclusão Social

A IMPORTÂNCIA DO TREINADOR DESPORTIVO – Parte I

ars athletica Sara Mesquita Muito se tem falado nas qualificações dos treinadores de futebol e nas diferentes sanções aplicadas aos treinadores que disputem competições da Liga ou da Federação. Mas antes de debatermos esses temas, convém analisar esta figura do treinador desportivo. O  treinador desportivo assume uma importância crucial no desporto tanto individual como coletivo, … Continuar a ler A IMPORTÂNCIA DO TREINADOR DESPORTIVO – Parte I

Direito ao Desporto – Parte II – A organização e a internormatividade desportiva

      ars athletica Sónia Calvário O desporto consubstancia-se na atividade física exercida em contexto competitivo, concorrendo para o seu resultado a capacidade física, a destreza mental e/ou os equipamentos utilizados. Para que a competição seja verdadeira e justa existem regras. Em Portugal, é ao Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), atualmente integrado … Continuar a ler Direito ao Desporto – Parte II – A organização e a internormatividade desportiva

Mónica Jorge no pódio

ars athletica Mónica Jorge nasceu em 09/06/1978, em Coimbra. Licenciou-se em Desporto e Alto Rendimento na vertente de Futebol e foi a primeira treinada portuguesa nível IV – UEFA PRO. Jogou futsal nos distritais, mas chegou a praticar basquetebol, atletismo, râguebi e halterofilismo, modalidade pela qual representou a seleção nacional no escalão de júnior, tendo arrecadado … Continuar a ler Mónica Jorge no pódio

E SE ÂNGELO RODRIGUES FOSSE UM PRATICANTE DESPORTIVO? – O uso de esteroides anabolizantes dentro e fora do desporto –

ars athletica Sara Mesquita Nas últimas semanas fomos surpreendidos com a notícia de que o ator Ângelo Rodrigues tinha sido internado, alvo de algumas intervenções cirúrgicas e que corria risco de amputação de uma das pernas. Felizmente, as últimas notícias que vão chegando são positivas, apresentando o ator melhoras significativas. Mas toda esta situação nos … Continuar a ler E SE ÂNGELO RODRIGUES FOSSE UM PRATICANTE DESPORTIVO? – O uso de esteroides anabolizantes dentro e fora do desporto –

BELENENSES SAD vs CLUBE DE FUTEBOL “OS BELENENSES” – OS 10% QUE AGUENTAM A SAD NA I LIGA –

ars atlhetica Sara Mesquita O Regime Jurídico das Sociedades Desportivas surge na expectativa de criar um regime igualitário, onde se estipula que nas competições profissionais só podem participar sociedades desportivas (SAD ou SDUQ). Neste sentido, e entre outros aspetos e formalidades, que alimentam os amantes do Direito do Desporto e aborrecem os amantes do Desporto, … Continuar a ler BELENENSES SAD vs CLUBE DE FUTEBOL “OS BELENENSES” – OS 10% QUE AGUENTAM A SAD NA I LIGA –