“AS OPINIÕES SÃO COMO AS VAGINAS: CADA UM TEM A SUA E QUEM QUER DÁ-LA, DÁ-LA.”

carrossel dos esquisitos Ana Ademar Apercebo-me que a silly season foi abolida. Se bem se lembram, a silly season acontecia no Verão: perante o encerramento de vários serviços, incluindo do Estado, a ausência de notícias provocava uma torrente de não-notícias a encher as capas de jornais e os posts das redes sociais e dávamos por … Continuar a ler “AS OPINIÕES SÃO COMO AS VAGINAS: CADA UM TEM A SUA E QUEM QUER DÁ-LA, DÁ-LA.”

“Quem me dera ouvir de alguém a voz humana | Que confessasse não um pecado, mas uma infâmia”*

carrossel dos esquisitos Ana Ademar É muito raro conseguir concordar na totalidade com qualquer ideia, mesmo que seja minha. Se organizo uma opinião, logo de seguida invento três ou quatro “mas” que, se não a invalidam, pelo menos colocam-na em causa. Depois fico confusa e abandono o pensamento. Não me impede de ir aventando opiniões … Continuar a ler “Quem me dera ouvir de alguém a voz humana | Que confessasse não um pecado, mas uma infâmia”*

Bons dias maria teresa até depois | preciso de tomar o meu pequeno almoço | a cerveja era boa mas é bom comer | como come qualquer homem normal | e me poupa ao perigo de até pela idade | me converter subitamente num sentimental *

carrossel dos esquisitos Ana Ademar Se foi do meu avô que herdei as rugas fundas do riso, da minha avó herdei a capacidade de chorar por tudo e por nada. Porque estou triste, porque estou feliz, porque me comovo com alguma emoção alheia. É uma habilidade que eu tenho, quase um super-poder. E se me … Continuar a ler Bons dias maria teresa até depois | preciso de tomar o meu pequeno almoço | a cerveja era boa mas é bom comer | como come qualquer homem normal | e me poupa ao perigo de até pela idade | me converter subitamente num sentimental *

A Problemática da Inexistência de Unidades de Medida para o que Verdadeiramente Importa

carrossel dos esquisitos Ana Ademar Descobri que a bola e o futebol não são a mesma coisa. De forma muito sucinta, o futebol é o que vemos no telejornal: milhões, ordenados pornográficos, fraudes, falcatruas e pouco mais e não me interessa. A bola é a pureza da coisa. A beleza do conjunto, a capacidade de … Continuar a ler A Problemática da Inexistência de Unidades de Medida para o que Verdadeiramente Importa

“O segredo dos populistas é fingir que são tão estúpidos quanto a sua audiência, para que a audiência pense que é tão esperta quanto eles” Karl Kraus

carrossel dos esquisitos Ana Ademar Aviso já que isto não vai ter piada nenhuma. Não sei se é do peso do inverno, se da certeza das mudanças todas que pressinto, da visão clara que novas estradas se abrem e que as velhas estão obstruídas com um monte de calhaus gigantescos, como se tivesse havido uma … Continuar a ler “O segredo dos populistas é fingir que são tão estúpidos quanto a sua audiência, para que a audiência pense que é tão esperta quanto eles” Karl Kraus

Karma´s a bitch

carrossel dos esquisitos Ana Ademar Calhou bem ser esta semana que escrevo aqui. Preciso de desabafar porque foi uma semana peculiar. Em jeito de resumo: terça-feira fiquei refém na minha própria casa. Na sexta fui agredida por uma garrafa de Coca-Cola. Sábado estive nas urgências do hospital e domingo não aconteceu absolutamente nada digno de … Continuar a ler Karma´s a bitch

Yo No Creo Pero*

carrossel dos esquisitos Ana Ademar Descobri recentemente que herdei do meu pai algo que, não podendo ser designado por talento, constitui uma dificuldade acrescida com que nascemos. Há muitos anos atrás a minha mãe tinha um relógio que eu invejava e que ela prometeu oferecer-me quando fizesse 16 anos. Encarei esta decisão materna da melhor … Continuar a ler Yo No Creo Pero*