“Uma vida mesmo vida | só pode ser um espaço | que está dentro de um abraço | que se dá ou não se dá” *

carrossel dos esquisitos Ana Ademar Deste confinamento forçado aprendi várias coisas: a usar uma panela de pressão, a fazer fermento de padeiro, a plantar cebolas e sementes de coisas várias, aprendi que não me aborreço, que gosto de estar sozinha e que podia muito bem viver isolada porque acho que não me afectaria: uma casa … Continuar a ler “Uma vida mesmo vida | só pode ser um espaço | que está dentro de um abraço | que se dá ou não se dá” *

A rotunda cerebral com o Covid 19 em ares de Marquês de Pombal

carrossel dos esquisitos Ana Ademar Não é possível escrever sobre outra coisa. Desde há uns dias que sinto que o meu cérebro é uma rotunda: o Covid-19 bem instalado no centro, qual Marquês de Pombal, à roda do qual seis ou sete ideias circulam ininterruptamente. Meteram o pisca da esquerda e nenhuma parece querer sair … Continuar a ler A rotunda cerebral com o Covid 19 em ares de Marquês de Pombal

O Que Eu Aprendi ou Lições Para Quando Eu Reencarnar

carrossel dos esquisitos Ana Ademar Houve um momento em que achei que seria interessante e útil fazer uma lista de coisas que eu aprendi. Porque é que seria interessante ou útil, não sei. Talvez na eventualidade de uma segunda vida ser possível e podermos entrar, nessa segunda vida, com o conhecimento adquirido na primeira. Daqui … Continuar a ler O Que Eu Aprendi ou Lições Para Quando Eu Reencarnar

“O que há em mim é sobretudo cansaço – Não disto nem daquilo, Nem sequer de tudo ou de nada: Cansaço assim mesmo, ele mesmo, Cansaço.”*

carrossel dos esquisitos Ana Ademar Ando numa fona e não sei para que lado me vire. As festas que se desejam “boas” se alguma coisa, foram cansativas. Divertidas é certo, mas muito trabalhosas e não é que me esteja a queixar, só constato. Depois é o frio estupidamente exagerado (sim, é Janeiro, eu sei, mas a … Continuar a ler “O que há em mim é sobretudo cansaço – Não disto nem daquilo, Nem sequer de tudo ou de nada: Cansaço assim mesmo, ele mesmo, Cansaço.”*

“One day I will find the right words, and they will be simple.” *

carrossel dos esquisitos Ana Ademar Ana Ademar||Expoente M Rádio Andamos para aqui todos a querer fazer tudo ao mesmo tempo, em busca de qualquer coisa que provavelmente não sabemos bem o que é, com medo de perder não sabemos bem o quê. O que efectivamente sabemos ou mais concretamente, sentimos, é que precisamos de estar … Continuar a ler “One day I will find the right words, and they will be simple.” *

Da falta de ar ou de como esquecer as chaves pode ser uma coisa boa ou ainda: sobre janelas que nascem para nunca se fecharem

carrossel dos esquisitos Ana Ademar Aconteceu-me no outro dia: Deixei as chaves em casa. Fechei a porta. A porta que dá para a rua estava também trancada. De um lado a porta de casa: fechada, do outro a porta da rua: trancada. Encurralada. Parti o vidro da porta de casa, pois. Precisava de entrar, precisava … Continuar a ler Da falta de ar ou de como esquecer as chaves pode ser uma coisa boa ou ainda: sobre janelas que nascem para nunca se fecharem