Porque a vida é a maior caixinha de surpresas que existe… Nela há um mundo de tudo e de nada onde cada um é o super herói da sua história…

letras soltas Maria JoãoTodas as vidas seguem o seu rumo Entrelaçadas ou não Percorrem caminhos e encruzilhadas Mesmos andando em contramão Desatam nós outrora inquebráveis Dão abraços Sorrisos em vão Todas as vidas são vidas de aço Limadas pelas nossas mãos São simples ou emaranhadas Doces ou azedas como o verde limão Temperadas de sal … Continuar a ler Porque a vida é a maior caixinha de surpresas que existe… Nela há um mundo de tudo e de nada onde cada um é o super herói da sua história…

Tempo…

letras soltas Maria JoãoOh tempo, se fosses meu amigo podias ouvir-me? Podias fazer o tempo perder mais tempo para o viver ser mais intenso e durar? Tempo, inimigo da ausência do não ter prolongas as horas nos ponteiros do relógio que teimam em acertar. Volta, volta no teu tempo volta aos tempos em que tudo … Continuar a ler Tempo…

Beja

letras soltas Maria João De branco, vermelho e preto te ergues em rasos campos dourados com a tua imponente torre dum castelo outrora habitado Gentes de rosto carregado peles rugosas do sol mãos ásperas de trabalho da ceifa até ao pôr do sol Assim te vejo ao longe perdida nas tuas ruas tão estreitas e … Continuar a ler Beja

Alentejo

letras soltas Maria João No meu Alentejo, nesse lugar tão meu A terra cheira a pó, tisna a sola dos pés Ouvem-se  vozes que entoam modas Que arrepiam a alma e nos elevam para lá No meu Alentejo há campos rasos de pão Oliveiras em botão, sobreiros e azinheiras São campos carregados de nada e … Continuar a ler Alentejo

Liberdade

letras soltas Maria João Liberdade Como um sopro do vento O voo de uma gaivota O remoinho dançante das folhas secas e gastas dos tempos outonais Como uma papoila vermelha que grita num campo baldio Uma espiga de trigo doirada pelo Sol errante Como uma lufada de ar fresco sequioso de encontrar alguém que sinta … Continuar a ler Liberdade