“(…) eu chego mesmo a ter medo | De em qualquer momento | Já não ter lugar | Para mais conhecimento*

carrossel dos esquisitos Ana Ademar Desde há alguns anos que não guardo memória alguma sobre o que acontece quando durmo. Sei que sonho, mas não recordo absolutamente nada. A única excepção acontece nos momentos em que, entre um mundo e o outro, tenho perfeita noção de que é um sonho, mas também sei que não … Continuar a ler “(…) eu chego mesmo a ter medo | De em qualquer momento | Já não ter lugar | Para mais conhecimento*

“we cannot all succeed when half of us are held back”*

carrossel dos esquisitos Ana Ademar Ana Ademar||Expoente M Rádio No dia 3 de Março Sarah Everard voltava para casa às 21h30 quando foi raptada e assassinada. No passado dia 22 de Fevereiro assinalaram-se 15 anos do brutal assassinato de Gisberta. No início deste ano, Angelita Correia, uma mulher trans, foi assassinada em Portugal. Nos últimos … Continuar a ler “we cannot all succeed when half of us are held back”*

“Parece-me supérfluo acrescentar que nenhum dos factos é inventado.”*

carrossel dos esquisitos Ana Ademar Ana Ademar||Expoente M Rádio Sobrevivi ao primeiro confinamento com relativa facilidade, mas este já me está dar fornicoques. A impaciência começa a fervilhar. Ao contrário do outro, em que não senti a mínima necessidade de ser útil, neste começo a pensar que já é muito tempo perdido. Em resumo: dois … Continuar a ler “Parece-me supérfluo acrescentar que nenhum dos factos é inventado.”*

Batota ou Como Às Vezes as Pessoas Demoram a Aprender Lições

carrossel dos esquisitos Ana Ademar Ana Ademar||Expoente M Rádio Este texto foi originalmente publicado em Fevereiro de 2012 no Correio do Alentejo. Acontece que enquanto escrevia o “carrossel dos esquisitos” deste mês, uma das frases soou-me muito familiar. “Querem lá ver que isto já foi escrito?!” Pesquisei e encontrei o que aí vai. É um … Continuar a ler Batota ou Como Às Vezes as Pessoas Demoram a Aprender Lições

“Já estou cheio de me sentir vazio, meu corpo é quente, estou sentindo frio.” Renato Russo

carrossel dos esquisitos Ana Ademar Ana Ademar||Expoente M Rádio Lá fora o tempo está bera: o céu nublado e há uma chuvinha que não se vê, mas que se faz sentir na roupa colada ao corpo. Dentro de casa a pessoa está confortável com um casaco, o frio não justifica ligar o aquecedor, mas se … Continuar a ler “Já estou cheio de me sentir vazio, meu corpo é quente, estou sentindo frio.” Renato Russo

Martim Moniz ou Como Manter a Porta Aberta ou ainda Os “Alevantados” do Chão

carrossel dos esquisitos Ana Ademar Ana Ademar||Expoente M Rádio Caros ouvintes Encontro-me a esplanar no epicentro da nossa belíssima cidade de Beja. Como companhia tenho pombos e pardais (que podiam ser menos). Ao longe num dos bancos da praça está um imigrante que saúda um outro, vindo da Rua da Moeda e segue em direcção … Continuar a ler Martim Moniz ou Como Manter a Porta Aberta ou ainda Os “Alevantados” do Chão