tão iguais

à primeira segunda do mês Vera Lopes Neca Cabeças de criança Caras de inocência Em corpos de homens e mulheres Cheios de sonhos, vontades e quereres E por vezes… Tão iguais a nós! Com medos, dúvidas e incertezas Alegrias e tristezas De passada incerta e desejos seguros Caminham quebrando muros E quando alguém Acredita também … Continuar a ler tão iguais